20110930

[dumb people x nice people]

amor compartilhado pelo freguês zé. :)

freguês: boa tarde, vocês tem o dvd x?

livreiro: sim, nós temos. qual o senhor quer, o "simples" ou o "duplo, edição especial"?

freguês: DUPLO...?! não, eu quero a versão simples mesmo. até parece que eu vou pagar mais caro para ver o filme duas vezes.

manual prático de bons modos em livrarias: i die. juro. i die.

20110927

[alô, mirtes?]

amor compartilhado pela freguesa lu. :)
(atendimento telefônico)

livreira: livraria x, boa noite.

freguês: oi, cláudia!

(quando o freguês inventa um nome para você é porque a conversa vai ser BOUA)

livreira: pois não?

freguês: então, cláudia, estou procurando um filme, aquele "o gladiador" com o ator himan [pronúncia do freguês: "raimen"]

livreira: olha, eu tenho o filme "gladiador" com o russel crowe, é esse?

freguês: mas esse tem o himan?

(não, meu senhor, o "himan" casou com a "she-ra"* e tiveram mais filhos que a angelina jolie e o brad pitt)

livreira: não, não tem.

freguês: e, cláudia, você sabe qual é a diferença entre os dois?

(é muita cláudia pra pouca cadeira, vou te contar uma coisa)

livreira: sinceramente, eu não tenho idéia do que seja "himan", mas se o senhor quiser, eu deixo reservado o do russel crowe, ok?

manual prático de bons modos em livrarias: quando eu era mais nova e me sentia deprimida, eu ligava para um certo provedor de internet para tentar cancelar a assinatura. daí eles me faziam acreditar que eu era importante e eu desligava o telefone com o ego lá em cima e mais dois meses de internet gratuita. ALOFREGUÊS: está se sentindo triste? abandonado? carente? entediado? deixe disso! ligue para nós. somos melhores que a cvv, pode apostar.

*incesto de leve, pode? pode. valeu, freguês @luizgvt pelo toque. :)

20110925

[kant comigo]


deles.
[amy sings frank]

- boa noite, você tem aquele cd que a amy winehouse canta músicas do frank sinatra?

(olha, esse tipo de pergunta é tão desconcertante quanto dizer que o rock in rio é importante para que o mundo seja melhor)

- frank sinatra? amy? o senhor tem certeza?

- sim! é aquele disco chamado FRANK, sabe?


manual prático de bons modos em livrarias: li em algum lugar, não lembro onde, que amy winehouse está preparando um cd só com músicas da ione (isso, aquela que não é cantora, mas jornalista).

20110924

[dos comentários, direto para vocês]




"eu já paguei micos vergonhosos, como livreiro. a freguesa veio pedindo livros de 'exercícios em inglês' e eu prontamente perguntei que tipo de exercício: alongamento, ginástica, corrida? eram apenas exercícios da LÍNGUA inglesa para o curso dela, obviamente!"

gênio, sem mais.


manual prático de bons modos em livrarias: sério, gênio.

20110923

[sexta do freguês - dia 1]

causo enviado pela freguesa letícia. ♥


- boa tarde, vocês têm o livro "economia e sociedade", do max weber?

(livreira prontamente digita as informações fornecidas pela freguesa e nada encontra)

- olha, não consta nenhum livro com esse título.

- não? mas é um clássico da sociologia. dá mais olhada, por favor.

(digita, digita, digita, nada. digita, digita, digita, nada. digita, digita e freguesa observa a livreira ficando cada vez mais brava e vermelha e sem paciência)

- não, nada.

- moça, se acabou, não tem problema...

- É QUE ESSE LIVRO NÃO EXISTE.

(véééésh)

- como eu ia dizendo, se acabou, não tem problema; mas dizer que o livro não existe, já é demais.

(inconformada, livreira vira o monitor para a freguesa e afirma, novamente, que o livro nunca havia sido publicado)

- então, se você trocar o marx veber por max weber, talvez você encontre.

(uma rodada de suco de climão para a galera \o/)

manual prático de bons modos em livrarias: como não amar a freguesa que chega com o título do livro e o nome do autor? amigo de labuta, tem dúvidas de como é a grafia de um dos dois? pergunta. tem vergonha de perguntar? joga no google. não conhece a existência do google? simata.
[o dia do freguês]


o freguês conrado falbo, esse lindo, nos escreveu um e-mail gracioso e sugeriu a criação de um espaço para que vocês, fregueses, possam contar causos de livreiros do nosso brasil-iu. como o próprio conrado relatou, certa vez, ele precisou soletrar DRUMMOND para uma atendente de livraria. portanto, a partir de hoje, toda sexta-feira será sua só sua toda sua, freguês-leitor. venha, abra o seu coração e envie o seu causo pra gente. :)

20110922

[weird things customers say in bookshops]


revirando e-mails antigos, encontrei essa dica da diana passy. o mais legal de tudo é que o blog vai virar livro. :) alô, editoras do meu brasil, também quero!

20110919

[tudo junto e misturado - parte 9]


- oi, vocês já receberam o novo cd solo do eddie vedder, o BUNDALELÊ SONGS?

manual prático de bons modos em livrarias: o vocalista do pearl jam acabou de confirmar sua participação especial no carnaval da bahia de 2012. estamos de olho.
[globalização, a gente vê por aqui]

amor compartilhado pelo freguês matias minduim. ♥



(cenário: livraria prestes a encerrar as suas atividades daquele dia. como a gente já falou aqui, final de expediente é o momento em que os fregueses adoram testar a nossa simpatia. para não fugir à regra, um casal surge no local à procura de confusão. livreira, na tentativa de não estender o horário de trabalho, resolve abordar a freguesia)

- olá, precisam de ajuda?

*silêncio*

(livreira, acostumada com os turistas estrangeiros, que passeiam pelo centro de são paulo, tenta uma novo approach)

- speak english?

*silêncio*

- parlez-vous français?

*silêncio*

- sprechen deutsch?

*silêncio*

- parla italiano?

*silêncio*

(senõr! comofas/ em libras? livreira, que não consegue arrancar um sorriso sequer dos fregueses, no desespero, solta em língua pátria)

- afinal, que língua vocês falam?

(um dos fregueses, aparentemente aterrorizado, meio sem jeito, responde)

- ér, português?.

(hahaha)

manual prático de bons modos em livrarias: só eu acho que o grego deveria ser adotado como língua oficial em todas as livrarias e bibliotecas e sebos desse meu brasil?

20110914

[tudo e junto e misturado - parte 8]


rá! pegadinha do martinho.



- moça, vocês têm "as crônicas de fogo e gelo" do martin scorsese?

(em tempo: o que o freguês queria era isso aqui)

manual prático de bons modos em livrarias: temos. a gente tem tudo, pode chegar. não vamos mais discutir. vocês venceram.
[de volta para o futuro, um romance de jane austen]



(seção de literatura, o lugar onde a magia insiste em permanecer entre nós, mesmo quando a loucura quer tomar conta do pedaço. enquanto guarda alguns livros na estante, livreira escuta a conversa deslumbrada entre duas freguesas diante da obra da autora jane austen. algo sinistro, muito sinistro, estava prestes a ser dito)

- essa mulher era genial. eu já li toda a obra dessa escritora, absolutamente tudo.

(haha gente, desculpa, mas ficar se gabando por ter lido a obra completa da jane austen é o mesmo que querer uma medalha por ter lido todos os quatro livros do salinger)

- e qual deles você me indica?

- ah!, "desejo e reparação". "desejo e reparação" é lindissimo, é maravilhoso!

(maravilhoso? ora, maravilhoso vai ser o dia em que o divino espírito santo me conceder a tão sonhada audição seletiva. sério mesmo)

manual prático de bons modos em livrarias: ian mcewan mandou aquele abraço. e também mandou dizer que o nome do livro DELE é só "reparação". francamente, viu.
[japanese for dummies]

amor compartilhado pelo freguês célio ishikawa. ;)


estande de uma livraria x em um evento literário qualquer. freguês, fã da arte de transformar uma folha de papel em algo psicodélico, pergunta ao livreiro responsável pelo local:

- vocês trabalham com livros de origamis?

(livreiro, pronto para demonstrar tudo o que aprendeu no seu curso "aprenda inglês e japonês em 15 minutos", responde)

- sim, nós temos livros de oriGAMES.

(o-ri-guei-mes, senhores, o-ri-guei-mes)

manual prático de bons modos em livrarias: tá com dúvida na pronúncia? não sabe se é camus ou cami o autor de "o estrangeiro"? ora, a ana flávia (ou "o google tradutor") nasceu só pra te ajudar. beijos.

20110913

[help]

meus queridos, por motivos de força maior, a livreira aqui vai precisar se ausentar por algumas semanas da livraria. eu sei que um monte de leitor[a] lhéndo[a] é livreiro[a], sendo assim, quem puder ajudar a manter o blog com causos livrescos, por favor, escreva para:

manualpraticodebonsmodosemlivrarias@hotmail.com

muito amor,
hillé.

20110910

[manual ♥ baianos]




"Nada sei da Hillé: pela lógica do avatar, presumo que seja meio ruiva e use óculos. Acho que mora em São Paulo. Fato é que ela prefere não se identificar, porque, sei lá, acha que vai perder o emprego, apesar do blog ser muito bom. A Hillé é minha “mãe literária”, me chama de filha, eu a chamo de mãe e a vida vai levando. A moça já foi destaque em alguns dos mais importantes jornais do país e, recentemente, escrevera para o blog da Companhia das Letras. Tudo isso sem precisar ser uma “it-girl-look-do-dia” ou fazer um vídeo idiota que garanta trilhões de acessos no Youtube. Não sei se o Manual Prático de Bons Modos em Livrarias é uma idéia original, mas é bem escrito, tem referências ótimas e já tornou-se sucesso instantâneo."

a nina vieira é uma freguesa muito querida. não sei como a patifaria de "mãe" e "filha" começou, mas fato é que a gente só se trata assim. daí, ontem, a nina me mandou o link de um texto escrito por ela sobre livros, livreiros, livrarias e manuais. e, assim, eu tenho a sensibilidade aflorada, portanto, chorar foi inevitável. isso aí em cima é só uma parte da história, corre lá no blog dela e leia na íntegra o texto da minha chica. :)


manual prático de bons modos em livrarias: a daria morgendorffer é minha anti-heroína favorita, mas a gente só se parece no azedume.
[roque in rio]



- por favor, já saiu a autobiografia do "rock in rio"?

(e a vontade de responder com uma pergunta: ô, muchacho, serve um livro sobre o evento?)

- chegou sim, peraí.

manual prático de bons modos em livrarias: produção, e essa freguesia cada vez mais alucinada, como lidar? porque, olha, eu logo imaginei o palco mundo escrevendo não só a autobiografia do rock in rio, mas também um livro só sobre o episódio carlinhos brown.

20110907

[trabalhar no feriado]


sem mais,

20110904

[fábulas do design]



- moça, estou procurando um livro da área de design.

- qual é o título? eu procuro para você.

- esopo.

(esopo? área de design? tem que ver isso aí)

- só esopo? mas é livro de design mesmo? não é o das fábulas de...

- não. na verdade, ele é um livro de comunicação editorial.

(esopo? comunicação editorial? meu querido, você está fazendo isso MUITO errado)

- então, você tem certeza que o título é esse? não estou encontrando nada.

- é, moça. é um livro de histórias de galinhas e tal.

manual prático de bons modos em livrarias: rapidinho, prá gente não perder muito tempo: o professor do seu curso de medicina passou aquele livro de literatura latino-americana para você ler? pois bem, o livro continua sendo da "área de literatura" e não da "área de medicina". sério, confia em mim. agora, vou ali tomar meus bonsdrink para domar a freguesia de segunda-feira.

20110902

[S2]


- moça, onde fica a estante de livros porcaria?

(ma che!? quer dizer que criaram uma estante só para os livros da stephenie meyer e eu não fui avisada? veja você)

- como assim?

- ah, desses livros que não prestam.

(hahaha meu deus, como é que ninguém teve a sagacidade desse freguês para criar uma estante só para isso?)

- olha, me fala o que você procura.

- então, os livros da bruna surfistinha.


manual prático de bons modos em livrarias: é assim, fregueses, que vocês ganham uma paixão platônica livresca.

20110901

[padre paulo]


- moça, qual é o nome do último livro do paulo coelho? é um que vai virar filme.

(livreira, que não está num bom dia, só de ouvir o nome "paulo coelho" tem vontade de sair correndo pelo mundo, não pensa antes de responder)

- ágape.

- ágape? acho que não, viu, moça.

(ai, freguês, sério, quer ensinar o padre nosso ao vigário?)

- você não quer o último? então, é o ágape.

- mas o ágape não é o do...

(livreira, constrangida até o último fio de cabelo, não permite que o freguês termine a frase)

- AÉVERDADE! O NOME DO LIVRO É O ALEPH!

manual prático de bons modos em livrarias: certo, podem rir da minha cara, mas, lembrem-se: um dia da caça, outro do caçador, seus lindo.