[essa tal de literatura]




freguesa: moça, onde ficam os lançamentos de literatura?

(alô, ali em lançamentos, na entrada da livraria?)

livreira: vamos até lá. cê tá procurando alguma coisa específica?

(arranjar sarna pra se coçar. quem nunca?)

freguesa: não, nada, só queria ver o que tem de novo.

livreira: romance mesmo?
 
freguesa: não, literatura estrangeira.

(dancinha para a freguesa sim ou claro?)

livreira: sim, mas você quer um romance, um livro de contos ou...

(freguesa, aquela linda, não me deixa terminar a pergunta)

freguesa: literatura de filosofia.

(deus, como não amar?)

manual prático de bons modos em livrarias: literatura de filosofia. beijo, night shit. <3

13 comentários:

  1. Ela realmente está precisando ler mais....

    ResponderExcluir
  2. Que bom que você postou... eu estava sentindo muita falta! Eu tive uma colega na faculdade que achava que literatura portuguesa = livros escritos em português e literatura brasileira = livros publicados no Brasil, independentemente do idioma. Dessa forma, uma edição de Shakespeare em inglês publicada em solo brasileiro = literatura brasileira..... Rsrsrsrs...

    ResponderExcluir
  3. "livreira: romance mesmo?

    freguesa: não, literatura estrangeira."
    Como assim?
    HSAHUSHUAUSHA, morri de rir.
    Tô seguindo aqui, beijo!

    ResponderExcluir
  4. Coitada dessa mulher. Alguém dá um tapinha nas costas dela e leva ela até a saída. HAHAHAHAHA
    Beijos.
    Amor, Ana.
    P.S.: Seu blog é uma graça, estou seguindo.

    http://quemprecisaviver.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu morro de rir com esse espaço aqui. Conheci outro dia e já devorei inúmeras páginas!! Beijos

    ResponderExcluir
  6. Estou a visitar alguns blogs, e tive o privilégio de encontrar o seu, vi na pagina inicial o que escreveu, e como gostei folheei mais algumas páginas e fiquei maravilhado pelo que vi e li.
    Dou-lhe os parabéns, mas queria deixar um apelo continue assim dando sempre o melhor, boas mensagens, bons temas. Gosto de escrever, mas também gosto de ler bons temas, por isso é que parei aqui.
    Meu nome é: António Batalha.
    Sou um servo de Deus,e deixo aqui a minha bênção,que haja paz,amor na sua vida, muita saúde e felicidade.
    PS. Se desejar seguir o meu humilde blog, Peregrino E Servo, fique á vontade, eu vou retribuir, se encontrar seu blog.

    ResponderExcluir
  7. Literatura de filosofia de buteco só pode ser Paulo Coelho, minha gente.

    ResponderExcluir
  8. Literatura de filosofia de buteco só pode ser Paulo Coelho, minha gente.

    ResponderExcluir
  9. Gente, a moça queria o Mundo de Sofia :P

    ResponderExcluir
  10. Gente, a mocinha queria o Mundo de Sofia :P

    ResponderExcluir
  11. querido freguês anônimo, não vou publicar os seus comentários. você não me conhece, não conhece o meu trabalho, eu não permito ofensas pessoais aqui. você não conhece meus valores e tampouco o meu caráter. quem é você para dizer que devo procurar outro emprego? quem é você para dizer que não sou feliz no meu trabalho? meu querido, você não é ninguém. portanto, vá procurar outra sarna para se coçar. um beijo cheio de afeto.

    ResponderExcluir

<< >>