[fregueses from mars]



e no expediente de hoje #teve:

freguês (logo após ser atendido): sua graça, por favor?
livreiro: andré.
freguês: obrigado, sidney.

freguesa (pedindo ajuda para a moça da limpeza): oi, tem o livro X?
moça da limpeza (apontando para um vendedor): oi. então, você pode pedir ajuda para o livreiro ali.
freguesa (indo em direção ao livreiro): OI, SEU NOME É LIVREIRO?

(livreiro, pendurado na escada, arrumando o setor de guias de viagem)
freguesa (gritando): LIVROS SOBRE O EGITO EU ADORO.
livreiro (assustadíssimo): tudo bem, senhora, tudo bem.

manual prático de bons modos em livrarias: tem dias que a noite é foda, mermão. 

2 comentários:

  1. Lendo este post usando óculos 3D bicolor e ouvindo "A Misteriosa Luta do Reino do Parassempre Contra o Império de Nunca Mais" do Ronnie Von.
    Porque para ser freguês tem que ter disposição, tem que ter habilidade!
    :-)

    ResponderExcluir
  2. Amey esse comentário do Léo Rabelo!

    ResponderExcluir

<< >>